Anunciando a verdade que liberta!

Rádio Online

Ouça no Spotify

et|icon_close_alt2|Q

Saindo da Caixa

Texto base: João 8.32

INTRODUÇÃO
Estava ouvindo a ministração da palavra pelo Pr. Alvim Silva, no 29º aniversário da CEO / Baependi, baseada em Jo 5.1-9 (A Cura de um Paralítico de Betesda – disponível no site do Ministério CEO), quando o Espírito Santo me levou ao início da CEO. Fez-me entender como o Ministério CEO começou, como trouxe uma proposta inovadora de evangelismo que culminou em um grande crescimento.

DESENVOLVIMENTO
O CHAMADO
Deus deu a visão aos pastores Donizétti e Márcio quando ainda eram membros da Igreja Assembleia de Deus. O desejo deles era aplicar essa visão na igreja onde congregavam, mas Deus já tinha outros planos, tanto que os seus próprios líderes recusaram implantá-la. Foi então que pediram a bênção e iniciaram o trabalho como Missão Jerusalém, com o Discipulado de João (um a um com 10 lições por 10 semanas), e, logo depois, transformando-se no Ministério CEO que conhecemos até hoje.

REVELAÇÃO
Os nossos pastores estavam presos dentro de uma “caixa” convencional de trabalho em que as ferramentas de evangelismo já estavam arcaicas e engessadas por um conjunto de regras religiosas (isso pode, isso não pode). Porém, o que Deus colocou nos corações dos nossos pastores foi: “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (Jo 8.32). Isso foi algo incrível, porque permitiu:
. Mostrar às pessoas que elas podem ter uma vida normal sem ter que ficar carregando um fardo de regras religiosas ditadas pelos homens (Mt 11.29-30).
. Mostrar para o mundo que um crente nascido de novo tem uma vida livre em Cristo (Jo 8.36).
. Mostrar às pessoas que a verdade nos ensina a separar aquilo que agrada e aquilo que desagrada a Deus e a andar na Sua presença diariamente (Ez 44.23).
. Mostrar às pessoas que, quando renunciamos as paixões e concupiscências da carne, não fazemos por causa de regras, mas porque amamos a Jesus (Mt 16.24).
. Mostrar às pessoas que você pode praticar esportes, frequentar academias, ser sócio de um clube, ir no shopping ou assistir um filme, tudo para a glória de Deus. Você é o sal da terra e a luz do mundo (Mt 5.13a,14ª).

O ministério de Jesus foi exercido o tempo todo fora da caixa. Cada ensinamento, cada milagre, era nada convencional. No evangelho de João, no capítulo 9.1-41, conta a história de um cego de nascença. Não bastasse Jesus curá-lo, ainda foi num sábado e isso causou indignações e críticas por parte dos religiosos.
Foi justamente o que aconteceu com a CEO quando iniciaram os trabalhos. Os líderes e irmãos de várias denominações ficaram indignados, criticaram e até diziam que estavam desviados por eles levarem as pessoas ao Sítio El Shadai para jogar futebol e, no intervalo, aplicar a palavra de Deus (conforme Jo 8.32). Não poucos simplesmente viraram as costas. Por quê? Porque os nossos pastores saíram da caixa convencional de regras religiosas ditadas pelos homens para pregar o evangelho da salvação sem hipocrisias, com muito amor e regado de uma nova unção.
Cuspir no chão e fazer um lodo para untar os olhos do cego parecia loucura, mas foi isso que Jesus fez para que o cego voltasse a enxergar. Jesus simplesmente poderia tocar em seus olhos ou dizer: volte a enxergar, mas Ele não fez isso para nos mostrar que a obra de Deus pode ser feita de várias maneiras.  A visão não envelhece, mas as ferramentas revolucionam. Antigamente se lavava roupa na beira do rio, depois num tanque e hoje em uma máquina. O processo continua sendo o mesmo: água e sabão, mas o método é outro.

NOS DIAS DE HOJE
Todos nós, os mais antigos, quando chegamos neste ministério, recebemos esta mesma unção dada por Deus aos nossos pastores fundadores e com ela trabalhamos, a igreja cresceu e chegamos até onde fluiu. Precisamos estar atentos ao mover de Deus e entender que precisamos sair da caixa novamente, precisamos de uma nova unção para as nossas vidas e para o nosso ministério. Temos questionado tantas coisas pelo fato de ultimamente os nossos resultados não serem satisfatórios. Temos trabalhado e nos esforçado fazendo o que sempre fizemos, porém sem recompensa. O que fazer então? Qual a sua sugestão atualizada?

CONCLUSÃO
Creio que não precisamos de nenhuma revelação divina para nos dizer onde estamos errando. Precisamos sim é de sensibilidade para o agir de Deus. Se queremos resultados diferentes, precisamos sair da caixa e começar a fazer coisas diferentes, porque a visão não envelhece, mas as nossas ferramentas para o público exigente e informado de hoje precisam ser revisadas. O texto usado tem como objetivo mostrar que Jesus realizava milagres de várias maneiras, talvez para nos ensinar a sair da caixa, e que a obra de Deus não está engessada de maneira que só pode ser feita de uma única maneira. Não é à toa que Deus, pela Sua multiforme sabedoria, deu talentos e dons diversificados à igreja. Da mesma maneira Jesus pregava e ensinava em diversos lugares, tais como: no barco, nas aldeias, casas, por onde passava, e não somente nas sinagogas.
Que nós possamos sair da caixa, do comodismo, da zona de conforto e até mesmo detrás dos púlpitos para usar os dons e talentos que o Senhor nos deu em favor do Seu reino para depois não ouvir dEle:

“Servo mau e negligente! Você sabia que eu colho onde não plantei e junto onde não semeei? Então você devia ter confiado o meu dinheiro aos banqueiros, para que, quando eu voltasse, o recebesse de volta com juros. Tirem o talento dele e entreguem-no ao que tem dez.  Pois a quem tem, mais será dado, e terá em grande quantidade. Mas a quem não tem, até o que tem lhe será tirado. E lancem fora o servo inútil, nas trevas, onde haverá choro e ranger de dentes” (Mt 25.26-30).

Para encontrar a pregação do Pr. Alvim, faça a pesquisa em nosso site inserindo o título da mensagem ou acesse o link: www.ministerioceo.com.br/sermons/pensando-fora-da-caixa-pr-alvim-silva/

Autor: Pr. Marco Arja – MCEO / Baependi – MG – www.ministerioceo.com.br
Correção Gramatical: 
Samuel Lopes Maciel
Coordenação e Revisão Geral:
Pr. Donizétti Maciel

Estudo de Célula de Outubro de 2018

[su_note note_color=”#fff369″] Receba nossos estudos em seu e-mail, cadastre-se abaixo:

</p

Compartilhe este estudo!

+ Estudos

Deus Completará sua Obra em nós

Deus Completará sua Obra em nós

Texto Base: Gênesis 16.1-2; Filipenses 1.6 INTRODUÇÃOO propósito de Deus para nossa vida não pode ser frustrado. Ele mesmo velará para o seu desenvolvimento. PROPÓSITOFortalecer a convicção pessoal de que Deus completará a Sua obra em nossa vida. DESENVOLVIMENTO1) HÁ...

Deus é o Altíssimo

Deus é o Altíssimo

Texto Base: Gênesis 14.19 INTRODUÇÃOA fé que revigorou os passos de Abraão na sua caminhada de obediência ao seu chamado foi impulsionada pela revelação de que Deus é o Deus altíssimo. Abraão compreendeu que a bênção sobre a sua vida fluía de uma fonte sobrenatural e...

Deus é a Fonte da Vida

Deus é a Fonte da Vida

Textos Base: Gênesis 1.1 INTRODUÇÃODeus é real? A crença em um Deus Soberano, ou em outros deuses, é praticamente universal. E para os cristãos há uma fonte reveladora de Deus: a Bíblia. Examinando-a, crescemos no conhecimento de Deus que se revelou como o Pai de amor...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *